Veja quais são as principais tendências da educação

Veja quais são as principais tendências da educação

A área da educação, assim como todas as outras, sofreu um grande baque no início de 2020, com a ocorrência da pandemia do coronavírus e todas as suas consequências, principalmente as medidas de isolamento social. 

Essa transformação que alterou a rotina de alunos, pais e professores, de certa maneira, contribuiu para acelerar algumas mudanças que já vinham acontecendo de forma gradativa no segmento acadêmico. Tendências que ganharam ainda mais força e que, com a volta de parte da normalidade, continuarão presentes na vida escolar. 

Em termos gerais, o futuro da educação proporcionará ao estudante uma formação muito mais ampla e completa, que desenvolverá não só competências nas áreas do conhecimento, mas, também, a relação produtiva com a tecnologia e os aspectos psicoemocionais, sociais e éticos. 

Veja a seguir algumas das tendências que já estão desenhando o futuro da educação: 

 

Gamificação 

chamada gamificação é a utilização dos jogos no processo de ensino, que contribui para acabar com a visão de ensino engessado e metódico, tornando o aprendizado mais leve, divertido e contextualizado. Vai ao encontro da vida atual dos alunos, movimentada, dinâmica, bastante conectada e repleta de informações. 

Através dos games, é possível com mais facilidade transmitir conhecimentos, auxiliar a assimilação de novos saberes, e discutir exemplos fictícios e reais.  

 

Salas de aula virtuais 

Tendência que já se tornou realidade por conta da quarentena, as salas de aula virtuais consistem em plataformas online nas quais os alunos podem acompanhar o conteúdo de cada matéria de forma remota e com a possibilidade de assistir às aulas quantas vezes desejar. 

Elas também podem ser acessadas pelos alunos para tirar dúvidasrealizar estudos mais aprofundados e até mesmo fazer resumos do conteúdo para as avaliações. É, portanto, uma ferramenta cada vez mais considerada indispensável para a educação do futuro. 

 

Inteligência artificial 

Com o objetivo de aproximar e acostumar os alunos à atual realidade tecnológica do mundo, a inteligência artificial trabalha as inovações dessa área disponíveis na sociedade. Seu desenvolvimento permite não só a familiarização e o uso otimizado de aparelhos, programas, softwares e recursos digitais no estudo das diferentes áreas de conhecimento, mas a compreensão do processo de criação, desenvolvimento e funcionamento desses elementos. 

Outro aspecto importante é a possibilidade de utilizar esses equipamentos em sala de aula, como forma de complementar o conteúdo dado pelo professor, através de pesquisas, uso de material audiovisual e de experiências virtuais (como a realidade aumentada). 

 

Aprendizagem colaborativa 

A aprendizagem colaborativa contribui para o desenvolvimento da autonomia do aluno dentro do ambiente educacional. Ajuda a despertar nele atitudes proativas, para que não fique apenas sentado na carteira esperando o professor dar a matéria de maneira expositiva. Ele é incentivado a participar e se envolver intensamente com o conteúdo. 

Nesse contexto, a aprendizagem colaborativa envolve a realização de debates, reflexões, investigações, pesquisas, leituras em grupo e muitas outras atividades que permitem uma imersão dos estudantes no assunto a ser estudado. Permite, portanto, que o aluno desenvolva uma maior capacidade crítica para analisar os conteúdos, levantar pontos de vista diferentes, pensar em alternativas para a sua aplicação na atualidade etc. 

É importante salientar que é fundamental também a adaptação por parte das instituições de ensino. O Colégio Integração está constantemente atualizado com as inovações do processo pedagógico e mantém um corpo docente experiente, especializado e preparado para acompanhar essas tendências. 

 

 

As vantagens e inovações da Plataforma Eleva

Oferecer uma inovação diante do sistema de ensino tradicional, contemplando um currículo completo que inclui o desenvolvimento das habilidades cognitivas, o uso da tecnologia e um material didático contextualizado. Esse é o principal objetivo do conceito de plataforma de ensino ELEVA. 

A Plataforma de Ensino Eleva proporciona, através dos seus diversos diferenciais, uma evolução para as escolas, pois traz mais dinamismo e eficácia ao processo de ensino-aprendizagem. O modelo está alinhado às normas exigidas pela BNCC – Base Nacional Comum Curricular e seu material didático aborda as competências e habilidades das disciplinas, conforme os objetivos de aprendizagem de cada conteúdo. 

 

A Plataforma Eleva e as etapas de ensino 

Educação Infantil 

Na Educação Infantil, a Plataforma de Ensino Eleva atua para estimular proatividade da criança no processo de aprendizagem, promovendo o seu crescimento individual frente às experiências vivenciadas. Incentiva também o desenvolvimento social a partir de projetos propostoem áreas como Movimento, Música, Artes Visuais, Linguagem Oral e Escrita, Natureza e Sociedade e Matemática.  

 

Ensino Fundamental I e II 

No Ensino Fundamental I, a Plataforma Eleva direciona o aluno para uma formação plena que contempla os aspectos acadêmicos e socioemocionais. Está apoiada em 5 pilares fundamentais: 

  1. Capacidade de leitura e escrita;  
  2. Fluência em raciocínio analítico 
  3. Apreensão de capital cultural;  
  4. Construção da autonomia 
  5. Desenvolvimento da socialização. 

Já no Ensino Fundamental II, os objetivos estão voltados para o desenvolvimento do raciocínio e o conhecimento de mundo em toda sua complexidade. Afinal, o aluno começa a perceber a sua importância e capacidade de se posicionar no mundo. Nesta etapa, o material didático da Plataforma de Ensino Eleva aumenta o nível de especificidade das disciplinas e prioriza o domínio da leitura, interpretação textual e o raciocínio lógico, conectando os conteúdos à vivência dos alunos. Os relacionamentos interpessoais e a capacidade de reflexão são trabalhados para estimular a independência e autonomia do aluno.  

 

Ensino Médio 

Nesta fase, as atenções estão voltadas para a preparação para o ENEM e vestibulares. No entanto, é essencial fortalecer outros aspectos importantes para o futuro do indivíduo na sociedade e no mercado de trabalho. Por isso, a Plataforma Eleva possui um material focado no desenvolvimento integral do jovem, promovendo a sua formação ética e autônomaA abordagem das disciplinas acompanha ferramentas eficazes na preparação de avaliações para as provas, conteúdos complementares com vídeo aulas que podem ser acessadas via QR codes. 

A Plataforma de Ensino Eleva, portanto, é uma poderosa e moderna ferramenta de ensino que chega para contribuir com a formação dos alunos sob vários aspectos. Porque reúne material didático de ponta e constantemente atualizado, aliado às novas tecnologias acadêmicas e a uma assessoria pedagógica e operacional constante.  

O Colégio Integração é um dos primeiros na Baixada Santista a adotar a Plataforma Eleva em seu modelo pedagógico. Porque acredita que a evolução do mundo e das pessoas precisa ser acompanhada dentro do ambiente escolar.  

 

 

A importância do esporte na escola

O desenvolvimento de atividades esportivas na fase escolar é uma prática cada vez mais presente nas instituições de ensino do Brasil. Além de fazer parte do próprio processo educacional, o esporte traz muitos outros benefícios para crianças e jovens. 

A disciplina de Educação Física há muito tempo está presente de forma obrigatória nas grades curriculares.  No entanto, muitas escolas vão além, oferecendo atividades esportivas extras que contribuem para o pleno desenvolvimento do aluno.  

Essa prática vai ao encontro do que diversos especialistas atestam. A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), por exemplo, recomenda que crianças e adolescentes pratiquem pelo menos uma hora de atividade física diariamente. Isso porque o esporte tem um papel fundamental na formação infantojuvenil, para auxiliar no desenvolvimento físico e motor, além de trabalhar aspectos emocionais e sociais. 

Dessa forma, a atividade física vai além de um simples exercício de descontração e lazer, devendo ser considerado um importante instrumento pedagógico. Porque tem a capacidade de contribuir na formação social e intelectual dos estudantes, através de experiências práticas que desenvolvem habilidades individuais, estimulam a capacidade cognitiva e incentivam o trabalho em equipe. 

Os benefícios do esporte na escola são diversos. Começando pelo combate ao sedentarismo, problema cada vez mais presente no estilo de vida atual que vivemos, com uso excessivo de  celulares, notebooks e tablets 

Outros benefícios da atividade física regular na escola são o aumento da consciência corporal, a imunidade e a resistência muscular. Praticar esportes auxilia na formação do aparelho cardiorrespiratório, no aumento da circulação sanguínea e em uma maior oxigenação do cérebro. Ajuda a combater o estresse e a ansiedade, proporcionando uma sensação de bem-estar. 

A prática da física também colabora para o desenvolvimento social e emocional das crianças e dos adolescentes, através da interação com os colegas da mesma idade. Atuando em equipe, eles trabalham valores como a resiliência e a empatia, e aprendem a respeitar os limites e as diferenças entre si. Além desses, outros valores são aprendidos com a prática regular do esporte nas escolas: o cumprimento de regras, a tolerância, a persistência, saber esperar a sua vez, saber ganhar e também saber perder, sem descontar suas frustrações nos concorrentes.  

Finalmente, o esporte também propicia sensações de prazer, emoção e adrenalina. Os alunos se sentem incentivados a participar das atividades propostas, pois a sensação de bem-estar é automaticamente identificada pelo cérebro.  

Outro ponto positivo da atividade física é que seus resultados são sentidos no presente e no futuro também. Segundo pesquisas, uma única sessão de exercício moderado de crianças com 9 e 10 anos de idade pode alterar a atividade eletroencefalográfica e melhorar o raciocínio em testes de desempenho acadêmico. 

Estudos realizados pelo americano James Hillman, psicólogo com fama internacional e autor de diversos livros, reforçam a tese de que o exercício físico aeróbico é capaz de aumentar o estado de atenção em avaliações, com melhores resultados nas tarefas e compreensão mais clara da leitura. 

Em seu projeto pedagógico, o Colégio Integração reconhece o potencial e a importância do esporte na formação do aluno e na construção dos seus valores. 

Dentro desse pensamento, oferece aos alunos a prática de atividades extracurriculares, podendo escolher até três modalidades entre esportivas e culturais, sem nenhum valor adicional na mensalidade. 

Estão disponíveis, entre outras, aulas de natação, futebol e vôlei, entre muitas outras modalidades.  

Ação, superação e integração. Mais que um slogan, uma filosofia presente no dia a dia do Colégio Integração, inclusive na prática esportiva. 

A importância da História na escola

A matéria de História na escola é muito importante, tanto quanto a Língua Portuguesa e a Matemática. Ela contribuiu para o desenvolvimento social, cultural, crítico e científico do aluno, que também é cidadão.  

Estudar História permite refletir sobre a realidade do mundo, associar valores, compreender comportamentos e contextos sociais que vão muito além de decorar datas e fatos. 

Para falar sobre História, suas peculiaridades e encantamentos, o Colégio Integração realizou uma live com o professor Daniel Marraccini, o famoso Marra. Um bate-papo descontraído e ao mesmo tempo empolgante que já virou história. 

 

Acesse o link abaixo e aproveite! 

 

https://youtu.be/0FJ7GYTpeyo 

Quais são as profissões do futuro?

Alunos que estão terminando o Ensino Médio se deparam com o mesmo dilema de escolher a sua futura profissão. De um lado devem ser levadas em consideração as habilidades e preferências do aluno, suas aptidões e facilidade de aprendizado em determinadas disciplinas. Por outro lado, um dos elementos que também exerce influência na decisão é se a profissão escolhida será valorizada no mercado de trabalho. Afinal, é importante saber como se desenvolverá a carreira no futuro próximo, pois entre a entrada e a saída da faculdade há um intervalo de dois a seis anos, um período em que o cenário profissional pode mudar completamente. 

Com as mudanças e transformações acontecendo de forma dinâmica na sociedade, principalmente na área tecnológica, é comum que em alguns anos o mercado de trabalho se modifique, com uma nova geração de profissionais ocupando cargos que antes nem existiam. Ao mesmo tempo, existem aquelas profissões tradicionais que, independentemente do contexto, podem continuar em alta. 

De acordo com previsões feitas por algumas das principais consultorias de recrutamento profissional do mercado, como Robert Half, Michael Page e Haysforam listadas as dez profissões que provavelmente estarão em alta num futuro próximo. Veja a lista a seguir. 

 

1. Big Data

Com o desenvolvimento tecnológico, as empresas estão repletas de dados. As informações coletadas precisam ser trabalhadas, analisadas e transformadas em material estratégico. Desse material é possível extrair informações valiosas sobre gostos e tendências do consumidor, estilo de vida, comportamento de compra, reações de mercado etc. 

Para realizar esse trabalho, é necessário um profissional de Big Data, especializado em organizar, tratar e analisar todos esses dados, interpretá-los e extrair deles as informações estratégicas para um melhor posicionamento empresarial. 

 

2. Engenharia com foco em Agronegócio

Nessa área profissional, existem diversas formações de Engenharia que trabalham com foco na produção agrícola e pecuária, como: Agronomia, Aquicultura, Agrimensura, Ambiental e Florestal. 

Essa linha profissional será muito requisitada nos próximos anos devido à expansão e modernização do setor do agronegócio. 

 

3. Design de Inovação

É o profissional que concebe ideias e funcionalidades inteligentes que possam se transformar produtos ou soluções de sucesso no mercado. No Brasil, essa área ainda está no início, e, portanto é um campo com grande espaço para crescimento. 

 

4. Tecnologia da Informação

Em alta nos dia atuais, a Tecnologia da Informação tende a continuar a crescer no Brasil. O consumo de tecnologia irá aumentar nas empresas, e a presença de profissionais capazes de conceber, aplicar e gerir sistemas tecnológicos será fundamental. O futuro demandará ainda mais os profissionais desenvolvedores e especialistas em segurança. 

 

5. Gestão de Resíduos

A produção de lixo é um problema que tem crescido atualmente. Na mesma escala, há a necessidade do seu tratamento e o cuidado com o meio ambiente.  

A gestão de resíduos é uma área multidisciplinar que pode ser desempenhada por gestores ambientais, engenheiros, químicos, tecnólogos em processos ambientais e em Saneamento Ambiental. 

Outro fator importante que favorece essa profissão são as leis brasileiras, como a Política Nacional de Resíduos Sólidos, que passaram a exigir a presença obrigatória de profissionais especializados da área de gestão do tratamento de água, esgotos, destinação correta do lixo, reciclagem e limpeza urbana. 

 

6. Medicina

Independentemente do tempo, o profissional de medicina continua a ser um dos profissionais mais requisitados do mercado. Principalmente quando vivemos momentos como o atual, de uma pandemia que afetou a saúde das pessoas em escala mundial. 

Como o médico trabalha em equipe, as profissões ligadas à saúde também continuarão em alta, como enfermeiros, auxiliares de enfermagem e instrumentadores cirúrgicos. 

 

7. Marketing

tendência de competitividade entre as empresas será mantida no futuro próximo, podendo inclusive crescer. Dessa forma, elas precisarão encontrar novas formas de se destacar no mercado e atrair o interesse dos clientes, aumentando assim a procura por profissionais da área de Marketing. 

 

8. Educação

Assim como os médicos, os professores são profissionais atemporais e devem ser ainda mais requisitados no futuro. 

Estudos mostram que o mercado de trabalho para esse profissional deve se ampliar, tanto na rede pública quanto na rede privada.  

 

9. Logística

O profissional de logística responde pela inteligência operacional e processual de uma empresa, cuidando de itens como transporte, armazenamento, compras, distribuição e entrega de produtos. 

Com a produtividade das empresas cada vez maior e o crescimento das compras via Internet, essa profissão tem um grande mercado pela frente. 

 

10. Biotecnologia

biotecnólogo trabalha com a manipulação de material biológico para melhorar a qualidade dos alimentos, produzir remédios e encontrar formas mais eficazes para o tratamento de doenças. 

Portanto, é um dos profissionais mais importantes no processo de aliar desenvolvimento e sustentabilidade, com pela de destaque nas indústrias, centros de pesquisa e laboratórios. 

 

Trabalhando a arte online

A quarentena, como todos nós sabemos, mudou comportamentos e transformou o dia a dia de todos nós. Na área escolar, rotinas foram alteradas e o processo de ensino-aprendizado precisou se readequar diante desse novo e desafiador cenário. 

Estamos vivendo no âmbito acadêmico profundas alterações, principalmente na estrutura da sala de aula, que passou a ser a sala de casa. O homeschooling ganhou força e tem se propagado por todo o país. 

Nesse turbilhão de transformações, o ensino da arte tornou-se também um desafio para professores e alunos. Pois envolve uma matéria que demanda coordenação motora e aulas práticas 

Para falar sobre esse assunto tão importante, o Colégio Integração realizou uma live com o professor de Artes, Israel Diniz. Uma conversa sobre como é possível trabalhar a arte no ambiente online. 

 

Acesse o link abaixo e aproveite! 

 

https://youtu.be/nOdCTAJ-Y5E 

A Robótica na escola

Para cativar os alunos, uma escola precisa ter bons professores e uma moderna infraestrutura. Mas não é só isso. Um currículo dinâmico e diferenciado também contribui significativamente para oferecer conhecimento de qualidade e ao mesmo tempo chamar a atenção dos estudantes. Dentro desse pensamento, um dos aspectos que se destaca é o ensino da robótica. 

A Robótica é uma matéria que sai do modelo tradicional de ensino, proporcionando uma experiência mais rica para o aprendizado das crianças e adolescentes. Pois utiliza a tecnologia, que atualmente é um valioso recurso que encanta, atrai e incentiva os alunos. 

 

O que é Robótica? 

 Robótica envolve um conjunto de procedimentos para que um robô seja capaz de executar uma série de instruções. O ensino dessa prática tem ganhado cada vez mais espaço no ambiente escolar, pois é uma forma estimulante de aproximar o aluno das tendências tecnológicas. Afinal, os robôs já fazem parte do dia a dia das pessoas, realizando atividades como limpar a casa, emitir sons e se comunicar por sinais luminosos. E a tendência é que essa interação entre máquina e ser humano se intensifique cada vez mais. 

Dessa formatorna-se ainda mais importante para a escola acompanhar o avanço tecnológico, através principalmente da Robótica. Investir nos benefícios da tecnologia para o aprendizado é uma das maiores virtudes de uma gestão escolar no cenário atual. Veja a seguir alguns benefícios do ensino da Robótica.  

 

Estimula o raciocínio lógico. 

Nas aulas de robóticaos problemas devem ser solucionados através de uma sequência lógica e isso exige muita concentraçãoÉ preciso ter ligação entre as iniciativas necessárias para a resolução de um problema, e por isso o raciocínio lógico é indispensável para a montagem de um roteiro sequencial que alcance o resultado esperado. 

 

Fortalece o espírito de equipe. 

Na Robótica, os estudantes são constantemente incentivados a desenvolver o trabalho em equipe.  

Para alcançar melhores resultados, os alunos são estimulados a contribuir ao máximo para com ideias e ações que possibilitem um trabalho de programação de alto nível. O bom desempenho, portanto, depende da inteligência e da união de todos.  

 

Desenvolve a criatividade. 

A programação de robôs é um desafio que obrigado os alunos a saírem da zona de conforto. Eles devem pensar em soluções práticas e eficientes para resolverem uma demanda o mais rápido possível. 

O Colégio Integração oferece no seu currículo aulas de Robótica onde são explicados conceitos básicos de mecânica e eletrônica, para a realização de projetos reais e funcionais, incentivando habilidades construtivas e o pensamento criativo. 

A partir de projetos simples que vão ganhando complexidadeos alunos assimilam conteúdos, aprendendo a trabalhar com engrenagens e pequenos motores. No decorrer do curso tornam-se fundamentais para solução de problemas em equipe e a evolução do processo de aprendizagem de programação. 

Desde 2009, o colégio possui a sua equipe de Robótica, chamada Equipe EquilibriumEstá entre as 17.100 equipes do mundo que tem o desejo de solucionar as necessidades da nossa sociedade a partir da ciência e tecnologia e representa a nossa cidade e o nosso colégio de forma bem sucedida em diversas competições oficiais pelo Brasil (FIRST LEGO LEAGUE, Climate Connections, Smart Move, Body FowardFood FactorSenior Solutions). 

Cuidados e medidas para o retorno às aulas presenciais

Com a passagem de muitas regiões para a fase verde do Plano São Paulo, de retomada da economia, as regras da quarentena se tornaram mais flexíveis, incluindo o aumento da ocupação das escolas para até 70% dos alunos. Dessa forma, as instituições de ensino, que há algum tempo têm se preparado para receber os alunos, estão reabrindo suas portas para o retorno das aulas presenciais. No entanto, não é um processo simples. 

 

Em primeiro lugar, é preciso compreender que não se trata apenas de reabrir as portas. A pandemia e, consequentemente, a quarentena, produziram profundas mudanças na rotina e no comportamento das pessoas em geral. Tantas transformações também abalaram psicologicamente as crianças e jovens. Um dos maiores impactos diz respeito ao próprio receio deles e de seus familiares contraírem o vírus da COVID-19. 

Nesse cenário, o papel da escola na retomada das aulas presenciais ganha ainda mais importância, pois apessoas que entraram na quarentena não serão as mesmas que sairão dela. Mas, como acolher os alunos nesse momento tão peculiar e desafiador? 

Naturalmente, escola já tem o papel de promover o acolhimento, ajudando os estudantes principalmente da Educação Básica a lidarem com os próprios sentimentos. Porém, o momento atípico que estamos vivendo exige um trabalho ainda maior, pois as crianças chegarão com o seu emocional abalado depois de tanto tempo sem frequentar o ambiente escolar. Veja algumas medidas importantes: 

 

Dar atenção especial à segurança e saúde 

Além de espaço de conforto emocional, a escola deve dar uma atenção especial à segurança e à saúde dos alunos, para que eles sintam-se protegidos e reduzam o receio de frequentar a escola. 

 

Atender aos protocolos de medidas sanitárias é fundamental, considerando pontos importantes, tais como: 

  • Sinalizar distanciamento entre pessoas de pelo menos 1,5 m; 
  • Higienizaas dependências; 
  • Manter os ambientes arejados; 
  • Disponibilizar álcool em gel 70%; 
  • Incentivar a higienização constante das mãos; 
  • Sanitizar calçados; 
  • Promover a adoção de materiais individuais;
  • Promover o uso obrigatório e troca de máscara;
  • Orientar famílias; 
  • Medir a temperatura de alunos e funcionários; 
  • Afastar pessoas do grupo de risco; 

 

Ouvir e compreender. 

Nesse momento desafiador, ouvir as pessoas é uma importante atitude da escola e dos educadores. Todos, professores, gestores e funcionários devem se mostrar à disposição dos alunos, tanto durante as aulas presenciais quanto fora delas, caso eles tenham alguma queixa ou insegurança. 

Essa atitude ajuda também a compreender o que o aluno está passando e como ajudá-lo melhor, em diversos assuntos como o medo de contrair a doença, o tempo longe dos colegas e até mesmo alguma dificuldade específica de aprendizado. 

 

Promover o diálogo através de rodas de conversa. 

Além de ouvir individualmente o alunoo processo de acolhimento pode promover momentos de rodas de conversa onde as crianças e jovens têm a oportunidade de falar e escutar experiências e sentimentos relacionados à quarentena e outros assuntos. É uma forma também de proporcionar união na volta às aulas presenciais. 

 

Manter e reforçar a relação com os pais. 

No período do acolhimento, os pais e a escola devem estar ainda mais unidos. Por isso é imprescindível para a instituição de ensino manter um bom relacionamento com os familiares de seus alunos. 

Além disso, os pais também podem precisar de algum auxílio em relação à sua segurança e de seus filhos. Por isso, informações frequentes sobre as crianças e comunicação próxima são essenciais.  

Lembre-se que os sentimentos e aflições dos pais, muitas vezes, são passados para os filhos. Então, para que as crianças fiquem mais tranquilas, os pais precisam estar amparados. 

O Colégio Integração seguiu todos os protocolos e está bem preparado para receber seus alunos com muito carinho, alegria e total segurança. Mais um desafio de ação, superação e muita integração. 

A leitura infantil e seus benefícios para as crianças

Ao aprender a ler, a criança descobre um novo mundo de imaginação e possibilidades. Mas mesmo antes disso, a leitura já pode ser desenvolvida pelos pais para estreitar laços com os filhos, estimular a criatividade e aprender as primeiras palavras. 

Incentivando o hábito da leitura nas crianças desde os primeiros anos escolares, você contribui para o seu desenvolvimento social, emocional e cognitivo. Veja alguns dos seus benefícios: 

Amplia e enriquece o vocabulário. 

Os livros ajudam as crianças a conhecerem as primeiras palavras e estabelecer a relação delas com imagens e sons. Depois dessa fase, os livros com frases completas e mais informação oferecem a possibilidade de a criança conhecer palavras diferentes e a ter seus primeiros contatos com as estruturas gramaticais. 

Com o vocabulário ampliado, as crianças se expressam melhor e passam a conhecer melhor a relação das palavras sinônimas, antônimas e homônimas, aprendendo a aplicá-las corretamente no dia a dia. 

Desenvolve os conhecimentos ortográficos. 

A leitura não beneficia apenas a comunicação verbal, mas principalmente a escrita. Quanto mais lê, mais a criança escreve com facilidade e assertividade, pois se familiariza com as palavras escritas de acordo com a norma culta, acostumando-se a escrevê-las de forma correta.  

É importante ressaltar que esse benefício só é válido quando a criança tem contato com a norma culta desde cedo, através dos livros. Textos em sites e redes sociais, por exemplo, muitas vezes não seguem a norma culta e expressam erros de português, o que faz com que o leitor não aprenda de forma correta. 

Quem escreve corretamente, seguindo as regras gramaticais e ortográficas, tem mais oportunidades nos estudos e no mercado de trabalho.  

Contribui para a interpretação de texto. 

A comunicação somente se completa quando a mensagem enviada pelo emissor é recebida e compreendida pelo receptor. Quando a criança é exposta desde pequena a frases, histórias e textos em geral passa a interpretar essas informações, fazendo disso uma prática constante. 

Com tempo, além de compreender os textos, a criança passa a entender melhor os significados intrínsecos como figuras de linguagem e analogias, ampliando cada vez mais sua capacidade de interpretação e expressão. 

Abre as portas do conhecimento. 

Além dos benefícios da leitura em si, os conteúdos dos livros, cartilhas e demais materiais ampliam o conhecimento das crianças. Através do hábito da leitura, elas podem aprender sobre história, outras culturas, ciências, suas próprias emoções e até mesmo raciocínio lógico. 

É normal que crianças que estejam passando por esta fase fértil de descobertas se interessem mais por um assunto do que por outros. Nestes casos, o ideal é incentivá-la a investigar ainda mais sobre o tema, fornecendo mais materiais adequados à idade dela que possam ajudá-la em sua pesquisa. 

Promove a consciência da cidadania. 

Aumentando seu leque das opções de leitura e o seu conhecimento de mundo adquirido como tempo, a criança começa a ter consciência do seu papel no mundo. Lendo sobre culturas diferentes, formações familiares distintas e até mesmo estilos de vida diferentes do seu, ela passa a desenvolver melhor a empatia, que é a capacidade de se colocar no lugar do outro. 

Isso é muito importante nos anos escolares, pois é onde acontecem mais situações de aceitação, ansiedade e insegurança. A criança que lê tem mais segurança de si, podendo estar mais preparada e aberta ao diálogo, à compreensão e a conciliação.  

Para desenvolver bem estes valores, sempre pergunte à criança o que ela achou de determinada história ou como ela se sentiu após ler determinado livro. Isso irá ajudá-la também a desenvolver sua inteligência emocional. 

No Colégio Integração, o hábito da leitura está presente desde os primeiros anos escolares, na Educação Infantil. Porque acredita que o bom desenvolvimento da linguagem oral e escrita é condição primordial que prepara os alunos para se tornarem cidadãos atuantes, participativos e cientes do seu papel na sociedade. 

Como se preparar para o ENEM

Quem está terminando o Ensino Médio e se preparando para a faculdade normalmente vive um momento de ansiedade e preocupação, pois está prestes a iniciar o curso da sua futura carreira.  É nesta fase que o aluno realiza o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). A prova é hoje a principal porta de entrada no ensino superior do Brasil. Ela viabiliza o acesso às instituições de educação públicas e privadas, através do ingresso direto ou como complemento aos seus vestibulares próprios. 

O período de preparação para o ENEM, portanto, exige disciplina, concentração e muita dedicação. Para facilitar a vida do aluno durante esse desafio, aqui vão algumas dicas importantes: 

1. Fique ciente sobre as informações relacionadas ao ENEM. 

As informações sobre o ENEM relacionadas a inscrições e documentos são divulgadas com alguns meses de antecedência, em forma de Edital e Manual. É obrigatório conhecê-las, pois ali estão as orientações para as provas, o conteúdo programático por disciplina, a lista de obras literárias e o cronograma de atividades previstas. 

2. Crie e siga um organograma de estudos. 

Depois que souber o que irá cair na prova, é hora de programar os horários de estudos. Organize quanto tempo por dia será dedicado aos livros e tenha disciplina para cumpri-lo. Para facilitar, você pode dividir os horários pelas matérias. 

3. Dê prioridade para as matérias que você tem mais dificuldade. 

Para as matérias que você tem mais dificuldade, reserve mais tempo. O mesmo serve para os conteúdos mais difíceis. Busque mais material de apoio e tenha dedicação extra nesses casos. 

4. Tenha disciplina para cumprir a rotina de estudos. 

Seja no Ensino Médio normal ou cursinho pré-vestibular, o empenho e a disciplina devem ser os mesmos. Nas aulas, evite faltar. Em casa, mantenha a concentração para cumprir o que foi organizado. 

5. Se possível, prefira estudar em grupo. 

O estudo em grupo estimula os alunos a trabalharem em equipe, além de favorecer o respeito ao outro. Outra vantagem do estudo em grupo é que todo mundo se ajuda para tirar eventuais dúvidas. 

6. Realize os testes dos exames dos outros anos. 

Ao fazer as provas anteriores, você se familiariza com os tipos de perguntas, testa seus conhecimentos e consegue ter uma noção do tempo gasto para as questões mais difíceis.   

7. Faça muitos treinos de redação. 

No ENEM, a redação tem um peso muito importante. É importante estar bem preparado para ela e o melhor caminho é através do treino.  

8. Mantenha-se atualizado. 

O ENEM geralmente em suas questões e redação dá ênfase aos temas atuais. Fique atento ás notícias e atualidades para entender sobre assuntos que provavelmente cairão na prova. 

9. Vá além dos livros. 

Caso o estudo com os livros fique cansativo, você pode buscar outras fontes de pesquisa, como a Internet. Mas mantenha o foco nos livros, pois neles estão as principais bibliografias. 

10. Atenção especial à saúde. 

Fazer uma boa prova também depende de estar bem fisicamente e mentalmente. Por isso, cuidar da saúde também é essencial. Faça pausas, alimente-se bem e pratique atividades físicas. Nos últimos dias, quando a tensão aumenta, procure relaxar. 

O Colégio Integração possui um currículo escolar focado para preparar os alunos do Ensino Médio para o ENEM e os principais vestibulares do país. Além de também auxiliar no desenvolvimento pessoal dos estudantes.